Tributo à John Lennon - framed lennon by flaviusversadus
 
 
 
 
 
Depois de tantos anos, a sensação de vazio é a mesma
 
 
 
Há 36 anos, em 8 de dezembro de 1980, a música, a arte, a
simplicidade, a rebeldia, a poesia provocativa, a utopia da paz
e a humanidade perdiam John Winston Lennon, assassinado
brutalmente a tiros em frente ao edifício Dakota, Nova Iorque,
onde morava com a esposa Yoko Ono e o filho Sean.
 
Mark Chapman, um fã tresloucado que, após ter lido "O Apanhador no Campo de Centeio" de
J.D. Salinger, disparou várias vezes para que Lennon saísse dessa vida e entrasse para a
eternidade, fazendo-o adquirir desde então o status de um semi-deus.
 
Não é o caso de recordar aqui a carreira de Lennon, pois sua música continua muito presente
em nossas vidas.
 
John Lennon, compositor e intérprete, foi o criador e líder natural dos Beatles, a maior banda
de todos os tempos. Detentor de vários recordes que perduram até hoje, o quarteto de
Liverpool originou a criação do termo Beatlemania para descrever a histeria no público que
suas apresentações causavam.
 
Cresci ouvindo Beatles e John Lennon na fase solo. Suas letras poéticas e alucinadas faziam
paisagem musical de fundo para mim, e para milhões, em várias fases da vida. Não me acho
um beatlemaníaco, mas, como tantos outros, me senti um pouco órfão desde aquele 8 de
dezembro. Os que aprenderam a amar os Beatles procuravam adjetivos individuais para os
membros da banda, e em Lennon admirava especialmente a debochada autenticidade, o
comportamento irreverente e simples, fazendo graça de sua condição de estrela. Representou
como poucos a época em que os jovens sonharam com a revolução da humanidade pela
liberação do sexo e das drogas - e pela superação das classes. Catalisou a fúria do rock para
elevá-lo à condição de obra de arte, fornecendo os primeiros conteúdos engajados à nascente
imaginação em todos os pontos do planeta.
 
Sua morte colaborou para sepultar a última utopia de um século de utopias: a de uma
sociedade mais justa, unida pelo amor e pela paz.
 
Junto a Paul McCartney, com mais de duzentas composições conhecidas e cantadas por todo
o mundo geração após geração (e muitas outras na sequência, em sua fase solo), John Lennon
resumiu a história da música e dos costumes à "Antes e Depois" dos Beatles.
 
 
 
 
Aqui, levitando em Starting Over... adornando a amada para que volte aos seus braços.   
 
E abaixo, ele mesmo. In natura, sem censura – como gostava.
 
 
 
 
"Não sei o que vai afundar antes, o Rock´n´Roll ou o Cristianismo."

 
"Uma parte de mim desconfia que eu seja um fracassado e a outra acha que
 sou o Todo Poderoso."

 
"Eu iniciei a banda. Eu debandei. Foi simples assim."

 
"Você tem que ser um filho da puta para fazer sucesso, isto é fato. E os Beatles
 eram os maiores filhos da puta sobre a face da Terra."

 
"Não acredito em matar, por qualquer que seja o motivo."

 
"A única maneira de garantir uma paz duradoura de qualquer tipo é mudar
 a mente das pessoas."

 
"Eleanor Rigby foi cria do Paul e eu ajudei na educação da criança."

 
"Se você reparar bem, não era nada além de um disco chamado Sgt. Pepper
 com as faixas emendadas."

 
"A vida é o que acontece enquanto você está ocupado fazendo outros planos."

 
"Se alguém acha que amor e paz é um clichê que deveria ter ficado nos anos
 sessenta, este é o problema. Amor e paz são eternos."
 

 
 
 
Amor e paz são eternos.
Flavius Versadus
 
 
06f12r08i - 07 - Domínio Público
 

 

 

album Lennon Legend image by FlaviusVersadus

 

 

Baixar o álbum: clique na imagem

                              e na próxima página, por fim, clique em continuepróximo em 'continue'

  

 
 
Todos os direitos reservados. Arquivo somente para demonstração
devendo ficar em seu computador durante 24 horas no máximo;
após esse tempo você deve deletá-lo ou comprar o CD original
 
Compartilhar para uso privado não é crime como muitos pensam. Já Pirataria, é.
 
 
No monetary reward is expected and/or accepted for the content of these files.
 
The intention is to Promote de sales and musical art of this unique artist without illegal
distribution of copyrighted material. If you enjoy the artist, please support the artist,
by purchasing the album/track at a Local Store or on The Internet. You will have
to store this file in your computer or external device only for 24 hours, and,
after listen it, Remove from your PC or external device.
 


 
contato via     formulário, clique
 

 

Birth name: John Winston Lennon

Born: 9 October 1940 (1940-10-09) - Liverpool, England

Died: 8 December 1980 (1980-12-08 -- aged 40 --) - New York City, New York, United States

Genre (s): Rock, Pop

Occupation (s): Singer-songwriter, Writer, Poet, Peace activist, Actor

Instrument (s): Vocals, guitar, piano, bass, harmonica, banjo

Years active: 1957 – 1975, 1980

Label (s): Parlophone, Capitol, Apple, EMI, Geffen, Polydor

Associated acts: The Quarrymen, The Beatles, Plastic Ono Band, The Dirty Mac

Website: www.johnlennon.com

 

We miss you John...

 

Tributo à John Lennon

Alto da página
Voltar - Lennon Avançar - Lennon